As virtudes e o marketing de um ensino dual em Barcelona

Você sempre sonhou em morar fora do Brasil e falar outros idiomas? Idealiza o mesmo para o seu filho/a? Eu sim, sempre quis viver uma experiência em que o aprendizado fosse além das salas de aulas. Não foi possível aos 20 anos de idade, mas hoje com 37 venho escrevendo essa história. Vivi em Barcelona por três meses (entre maio e agosto) para estudar espanhol, marketing digital e comunicar as virtudes dessa experiência. Um dos meus “achados virtuosos” foi a FEDA Business School, e escrevo este artigo para compartilhar oportunidades para os estudantes brasileiros pensarem “fora da caixa”. E também para contar como é realizado o trabalho de Marketing de uma empresa com sede em Barcelona que tem a missão de posicionar a marca como uma escola de formação enriquecedora de jovens talentos.

Vamos por partes: Você sabia que grandes empresas custeiam o desenvolvimento profissional de jovens e a atuação de forma intercultural? E que o ensino dual, muito difundido na Alemanha, tem formado pessoas bem sucedidas em suas carreiras? Conheci mais sobre esse universo por meio da FEDA, uma instituição sem fins lucrativos que conecta alunos do mundo inteiro e empresas multinacionais promovendo graduações em diferentes idiomas (alemão, espanhol e inglês) impulsionadas pela vivência corporativa. São mais de 80 companhias internacionais associadas (Siemens, Lufthansa, Bayer Seat…), elas custeiam e colaboram para o desenvolvimento profissional, e ainda oferecem emprego remunerado garantindo a prática em diferentes setores.

“Na FEDA ligamos os dois mundos há mais de 30 anos. A chave: o modelo de treinamento dual alemão, uma combinação sistemática da formação teórica da escola com a prática em multinacionais de prestígio. Deste modo, os estudantes podem presenciar a prática durante o processo educativo. E mais, 80% deles permanecem atuando nas empresas de formação”, resume o diretor da FEDA Barcelona, Lukas Hano.

IMG_4560

Lukas Kano, diretor da FEDA Barcelona

Segundo a UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura), o sistema dual de ensino é assim designado por combinar num só curso a aprendizagem no seio de uma empresa e o ensino profissional numa escola vocacional. Na Alemanha, por exemplo, 25% do tempo total de formação é dedicado à instrução teórica em contexto escolar; os restantes 75% são aplicados no reforço dos conhecimentos, através de um período de prática em contexto laboral.

O que mais chamou a minha atenção sobre a FEDA foi a proposta de aprendizado – sem custo* e com uma bolsa mensal de 300 euros – para um pensamento e uma atuação de forma intercultural, diferente do que presenciamos no Brasil, em que os estudantes terminam o colegial e são direcionados para faculdades com o dever de concluir uma graduação de valor alto que, muitas vezes, não tem o seu perfil e nem o prepara, de fato, para uma carreira de sucesso. Outro fato curioso é que a FEDA tem capacidade para receber um número muito maior de alunos do que tem formado ultimamente, cerca de 40 por ano. Talvez um dos grandes entraves seja a necessidade dos jovens (até 26 anos) terem nível B1 de alemão e B1 em Inglês para os títulos de Técnico de Gestão Empresarial no ramo de Transporte e Logística e Técnico de Gestão Empresarial no ramo da Indústria e bom conhecimento do espanhol para o título de Técnico em Atividades Comerciais. Todos com duração de dois anos.

Hoje eu tenho certeza que não existe melhor conhecimento para um indivíduo do que a fluência em idiomas. É o que nos liberta para grandes sonhos e desenvolve gerações para um saber mais amplo, criativo e construtivo. E também acredito que o ensino precisa de transformações, não temos mais tempo a perder estudando teorias que não precisaremos mais tarde. Os conteúdos devem ser ajustados às exigências do trabalho do dia a dia, e nada melhor do que vivenciar isso em uma empresa real.

A inscrição para a FEDA exige um currículo, uma carta motivacional e um certificado básico de idioma, além de uma entrevista que pode ser feita virtualmente, geralmente em espanhol. Ou seja, o estudante já desembarca do Brasil com a sua vaga garantida, e é recepcionado pela equipe da escola ao chegar em Barcelona.

IMG_4575

Sede da FEDA Barcelona

Como é o marketing digital de uma escola dual em Barcelona?

Conheci a FEDA Business School por meio de um evento gratuito (nomeado Masterclass e divulgado no Evenbrite) que eles promovem com o intuito de propagar bons conhecimentos e difundir a marca. Fiquei encantada com o profissionalismo e a qualidade dedicada a essa ação de marketing. A partir daí, fiz contato com a Diretora de Marketing da FEDA, Nataly Gamboa, para um bate-papo presencial. A ideia era conhecer melhor a proposta de ensino da empresa e a atuação da Nataly à frente das estratégias promocionais da marca. Foi um ótimo encontro, daqueles que a conexão é autêntica e produtiva.

O desafio de conquistar mais clientes divulgando a FEDA para o mundo, em destaque para o mercado alemão, espanhol, e até mesmo o brasileiro está a cargo de uma jovem de 26 anos que há um assumiu a função. Ela conta que ações como o Masterclass e a participação em feiras acadêmicas na Espanha fazem parte do calendário de marketing da instituição.  “Nosso foco é em posicionar a marca, pois para nós é importante que todos conheçam as oportunidades da formação dual. O marketing digital vence todas as barreiras e, atualmente, estamos voltados para as redes digitais e os seus grupos de posicionamento. Em breve, temos a intenção de investir em jornais de Barcelona e em campanhas promocionais”, conta Nataly.

As estratégias desenvolvidas devem ser direcionadas para duas personas: os estudantes e as empresas multinacionais parceiras. A FEDA está presente em todas as redes sociais (Facebook, Twitter, Instagram, LinkedIn, Youtube), com investimento pontuais em impulsionamentos no Facebook. Trabalha com CRM (Customer Relationship Management) e investe em anúncios de revistas e páginas na web voltados para a área de Recursos Humanos.

“Todos queremos um futuro profissional de sucesso. Para isso, é necessário encontrar o caminho certo para as necessidades de cada aluno e do mundo dos negócios. Esse é o nosso desafio diário. Temos muito interesse no mercado brasileiro, e estamos estudando a possibilidade de promover um webinar para esclarecer dúvidas sobre o ensino dual para esse público”, finaliza Nataly.  

Se você chegou até aqui, obrigada. O meu objetivo era apresentar novas oportunidades ao Brasil contando um pouco sobre o ensino dual em Barcelona, um destino “vivo” que encanta e entrega muito mais do que o visitante pode esperar.

Também escrevi sobre a Masterclass “El talento en la era digital” e empatia ser uma das maiores virtudes do ser humano. 

Acompanhe o #comunicandvirtudes  nas redes sociais!

Saiba mais sobre a FEDA em: www.feda-business-school.com

Um abraço virtuoso, Rhaiane Sodré

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s