Cascais, quero mais!

Estávamos hospedados em Lisboa e a ideia era passar um dia em Cascais – à noite já tínhamos ingresso para o jogo do Benfica com o tradicional voo da Águia no Estádio da Luz. De comboio (trem: €4,5 ida e volta) da estação Cais Sodré partimos para a “Riviera Portuguesa” em uma viagem de 40 minutos admirando o visual da costa. E assim, logo que cheguei em Cascais, tive a certeza: em poucas horas eu não conseguiria viver tudo de bom que o lugar tem a oferecer.

Não é sempre que faço um roteiro para seguir – claro que existe uma pesquisa prévia em todas as viagens, mas gosto mesmo de seguir meu feeling, entrar em um bar que me “chame”, achar os MEUS lugares imperdiveis. Em Cascais, assim como na maioria dos lugares que chego, comecei andando sem rumo, apenas observando, sentindo, trocando. E, depois de alguns passos pela costa, o encanto do lugar fisgou-me. Clima praiano descontraído, combina comigo.

A ideia era conhecer a Praia do Guincho, considerada a mais “bacanuda” para uma amiga que morou lá. Justamente a mais distante, mas nem tanto: cerca de 10 quilômetros. A praia é muito frequentada por praticantes de esportes como surf e kitesurf. Como a vontade era de continuar com o pé no chão, andamos até onde foi possível pela falta de tempo e, em cerca de 20 minutos, chegamos na Boca do Inferno, uma formação rochosa peculiar que esbanja beleza e bons ventos do mar.

IMG_5955

IMG_5983

Existe a opção de “pegar emprestado” bikes, um serviço gratuito que funciona até às 16h. Fica na costa da guia ao lado do centro comercial ou na baía de Cascais. Há uma ciclovia que leva até a Praia do Guincho.

Estava prometido, voltaríamos no dia seguinte para conhecer mais de Cascais. Voltamos caminhando da Boca do Inferno e fomos despistar a fome em um restaurante indicado pela mesma amiga, o Casa da Sogra – vale vários pulos!! Atendimento e ambiente tradicionais combinados com sabores marcantes. A volta no centrinho foi super rápida, mas vale um passeio mais demorado, é super lindo e cheio de coisas interessantes para ver. São muitas e muitas lojinhas de lembranças, cafés e restaurantes, além da arquitetura típica de Portugal, que já é uma grande atração!

Segundo dia em Cascais, enfim Praia do Guincho

Como promessa é divida, alugamos um carro e voltamos em Cascais. A torcida para o sol brilhar novamente deu certo. Teve até mergulho nas águas geladas do Oceano Atlântico no quase verão europeu. Juro que não senti frio, entre e saí da água saltitando 🙂 e a sensação foi de puro frescor rsrs

!!!! Fique ligado na Solcar para um aluguel de carro mais econômico em Lima. Ela não é muito conhecida, nosso amigo que está morando lá indicou.

IMG_6070

Coragem faz de você uma turista feliz 🙂

IMG_6128

A Praia do Guincho é mesmo linda, com muitos jovens e quiosques descolados

Tem mais: Cabo da Roca e Peninha

Fomos preparados para seguir um pouco mais a viagem. Vale conhecer Cabo da Roca. Eu li que em Os Lusíadas, Luís Vaz de Camões descreveu-o como o local “Onde a terra se acaba e o mar começa”. Outra surpresa foi o Palácio da Peninha. Simples, com visitação gratuita e uma das vistas mais bonita da região. A meio caminho entre Sintra e o litoral, entre os 300 e os 490 metros de altitude, sujeita a fortes ventos marítimos, a Peninha é uma janela panorâmica sobre a quase totalidade do Parque Natural de Sintra-Cascais, avistando-se ainda a orla costeira. Um conjunto edificado que incui a Ermida de São Saturnino do séc XII e a Capela da Peninha, erguida por devoção popular no séc XVI. Indicação de um morador da região que conversamos pelo caminho. 🙂

Obrigada a você que chegou até aqui. Viajar é bom demais, e a minha alegria é inspirar novos pulos pelo mundo, Se quiser alguma informação é só mandar uma mensagem ou comentar aqui. Aproveito para dizer que “Meus pulos pelo mundo” está também no Instagram com a participação super bacana de saltitantes felizes. Segue lá e colabore com um pulo também. 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s